O abastecimento d'água da cidade de Bom Jesus da Lapa é realizado atualmente por um único Sistema Principal, onde a água passa por várias etapas de operação antes de atingir o seu objetivo, que é a casa do usuário.

Assim sendo, passamos a descrever cada etapa do processo de captação e tratamento da água de Bom Jesus da Lapa, como:


A água que abastece todo a sede da cidade de Bom Jesus da Lapa é captada do Rio São Francisco, na sua margem direita, nas coordenadas geográficas 13°15’32” de latitude sul e 43°25’54” de longitude oeste, com uma vazão de 413m3/h durante todos os dias do ano. Esta Captação está outorgada pela ANA(Agência Nacional de Águas) através da resolução N°239 de 20 de junho de 2005.

A água é captada no Rio São Francisco e bombeada por meio de dois conjuntos de moto-bomba que trabalham alternadamente e estão instalados sobre um mesmo flutuante. As bombas são da marca KSB modelo 150-315, motor elétrico de 100 CV, vazão de 432 m³/h.

A água é bombeada e aduzida (transportada) através de 1.340 m de tubulação com DN - 250mm, de PVC, PBA, até a estação de tratamento do SAAE, E.T.A.. s, apontando para a prioridade de atuação no sistema produtivo e otimização do processo de tratamento e controle.

Ao chegar na estação de tratamento, a água recebe soluções de cal para a correção do pH (quando necessário) e de sulfato de alumínio, como coagulante devido à alta turbidez do Rio São Francisco.

Nos floculadores mecânicos os coágulos de impurezas são formados e nos decantadores são definitivamente separados da água, ficando esta com o aspecto mais transparente.

Em seguida toda a água é filtrada em filtros convencionais de areia e outros elementos filtrantes. Após o processo de filtração são adicionados na água o cloro gás e o flúor, sendo o primeiro para eliminar toda e qualquer bactéria presente no meio e o segundo, para ajudar na prevenção de cárie dentária.

Feito isso, a água já tratada é armazenada em reservatórios(de contato e de distribuição) para que se possa fazer novo bombeamento para atender a demanda de água de toda a cidade.

O SAAE dispõe de um laboratório para análises diárias dos teores de cada produto químico aplicado no tratamento da água, fazendo também análises físico-químicas e bacteriológicas da água.

O sistema de recalque da água tratada é feito através de uma estação Elevatória composta por dois conjuntos de motor-bomba de 570 m³/h de vazão, 150cv de potência cada um, estando sempre uma em funcionamento e outra de reserva, durante em média 20 horas diárias.

A rede de distribuição de água do sistema é composta por tubos de ferro-fundido, PVC e cimento-amianto, com diâmetros variando de 32mm a 250mm, sendo em sua maioria de 60mm e 75mm. Computando-se todas as redes existentes na cidade, até dezembro de 2005 O SAAE já havia assentado 118.071 metros de rede, assim distribuídos:

Devido ao bombeamento direto na rede de distribuição, sob pressões muita altas, para atender àqueles usuários que residem em locais mais altos ou bastante afastados do centro, freqüentemente é provocado rompimentos na tubulação, o que traz alguns transtornos à população e prejuízos para o SAAE.

O SAAE possui um conjunto de reservatórios com capacidade instalada de 1.700 m³, embora certa parte não esteja sendo utilizada. Isso se deve ao crescimento desordenado da cidade, que fugiu ao campo de alcance do projeto original, forçando o abandono de certos reservatórios.

Reservatórios de Água

R.1- Res. de contato, ETA, semi-enterrado, concreto armado ............................................ 250.000 litros

R.2- Res. de contato, ETA, semi-enterrado, concreto armado ............................................ 250.000 litros

R.3- Res. de lavagem da ETA, elevado, concreto armado ................................................. 50.000 litros

R.4- Res. de compensação, Morro, apoiado, concreto armado ............................................. 400.000 litros

R.5- Res. de compensação, Escritório, elevado, concreto arm ........................................... 150.000 litros

R.6- Res. de compensação, S. Sebastião, elevado, concr. arm ........................................... 600.000 litros

500x500